Vida sexual no casamento: o que pode e o que não pode?

O que é lícito no casamento cristão? Como alcançar a harmônia conjugal e sexual? Essas são apenas algumas das perguntas que o professor Felipe Aquino respondeu durante um workshop no Acampamento para Famílias – que acontece até domingo, 30, na sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP). A atividade aconteceu na Ermida Mãe Rainha, às 12h30, e contou com a presença de dezenas de casais. 

Embasado no seu mais novo livro “Vida sexual no casamento”, o professor começou o momento de formação explicando que a Igreja é totalmente a favor da vida sexual, desde que seja praticada dentro do casamento. “O sexo na hora certa é uma bênção, na hora errada é uma maldição”, completou.

"É a lei da causa e efeito: se você não cuida, não dá carinho durante o dia, isso tudo estoura a noite na cama”, explicou Felipe Aquino
Foto: Ariane Fonseca

Aquino explicou que, por causa do sexo livre, muitas crianças hoje são órfãs de pais vivos, existem Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) como jamais visto e é praticado o aborto de forma tão “normal”. “O sexo tem duas dimensões essenciais: a unitiva e a procriativa. Não se deve banalizar esse ato de amor tão bonito e sagrado”.

.: Assista trechos do workshop no Youtube

No workshop, o professor também citou dez dicas para viver em harmonia conjugal o que, segundo ele, é fundamental para a harmonia sexual. “O problema dos casais atualmente é que falta relacionamento. As pessoas querem prazer e pronto. Mas só isso não traz a felicidade na cama. É a lei da causa e efeito: se você não cuida, não dá carinho durante o dia, isso tudo estoura a noite na cama”.

Confira as dicas para viver em harmonia conjugal:

1) Se o cônjuge estiver irritado, acalme-se e fique quieto. Irritar-se também só piora a situação;
2) Nunca grite com o outro, isso causa ressentimento e o ressentimento só estraga a relação;
3) O diálogo é a melhor maneira de resolver os problemas. Se alguém tem que ganhar na discussão, que seja o outro;
4) Corrija o parceiro sem machucar, é preciso chamar atenção com amor;
5) Antes de apontar um defeito, fale sobre duas qualidades;
6) Falta de atenção com o outro é inadmissível em um casamento: converse, pergunte sobre o dia, dê um beijinho;
7) Nunca vá dormir brigado, sem resolver os problemas;
8) Pelo menos uma vez ao dia, diga uma palavra carinhosa, pois os elogios têm um poder fantástico de motivação;
9) Se você cometeu um erro, saiba admitir e pedir desculpas;
10) Quando um não quer, dois não brigam. Tenha paciência!

Para finalizar a atividade, professor Felipe abordou quais tipos de carinho podem ser praticados pelos casais cristãos. Segundo ele, a Igreja não condena as carícias, desde que elas não sejam a consumação do fato, mas um meio para chegar até ele. "Podem ser feitas carícias com a boca, sim, mas não é admitido sexo anal. Contudo, essas carícias devem ser feitas em consenso, não pode existir um 'estupro matrimonial'. Ambas partes precisam estar felizes", concluiu.

Hoje, às 18h, haverá outro workshop para as famílias na Ermida Mãe Rainha, com Ricardo e Eliana Sá, sobre o tema “Quem tem que mudar sou eu”. Às 20h, Fabiana Azambuja ministra a oficina "Fertilidade do casal" nos Confessionários. Amanhã, às 12h30, o professor Felipe Aquino retorna com mais um workshop sobre o tema, também na Ermida Mãe Rainha.

.: Adquira o livro "Vida sexual no casamento", do professor Felipe Aquino

Veja momento de oração do workshop: 



fonte: cancaonova.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores