Corpo de Paulo Renato é velado na Assembleia Legislativa de SP

O governador Geraldo Alckmin ao lado do filho do ex-ministro Paulo Renato Souza durante velório na Assembleia Legislativa
O governador Geraldo Alckmin ao lado do filho 
do ex-ministro Paulo Renato Souza durante velório 
na Assembleia Legislativa Foto:Alessandro Shinoda/Folhapress

Com informações Folha UOL

O corpo do ex-ministro da Educação Paulo Renato Souza, morto na noite do sábado (25) aos 65 anos, é velado na Assembleia Legislativa de São Paulo desde o início da tarde deste domingo. Paulo Renato sofreu um infarto fulminante no hotel onde estava hospedado em São Roque, no interior de São Paulo.
O enterro acontecerá às 10h de segunda-feira (27) no Cemitério do Morumbi, em São Paulo.
Líderes políticos de vários partidos, como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, estão presentes no velório.

Morre o ex-ministro Paulo Renato Souza, 65, no interior de SP
Dimenstein: Segredo de Paulo Renato atinge o PSDB


Entre suas principais realizações está a criação do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) e do Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério), um novo sistema de redistribuição dos recursos destinados ao Ensino Fundamental, hoje chamado de Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica).Paulo Renato foi secretário de Educação durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, entre janeiro de 1995 e dezembro de 2002.

Natural de Porto Alegre, o ex-ministro já apresentava um histórico de problemas cardíacos. Ontem, ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Segundo informou o secretário da Cultura de São Paulo, Andrea Matarazzo, a morte aconteceu às 23h20 do sábado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores