Corpos de duas últimas vítimas de acidente com helicóptero na BA chegam ao Rio na tarde desta terça

Jordana Cavendish e Marcelo Mattoso serão transportados em avião da FAB

Com informações do Portal R7

Os corpos de Marcelo Mattoso de Almeida e Jordana Kfouri Cavendish, as últimas vítimas a serem localizadas no acidente com o helicóptero no sul da Bahia, serão transportados em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) e devem chegar ao Rio na tarde desta terça-feira (21). 
Em nota, a Aeronáutica informa que a aeronave com os corpos deve chegar à base Aérea do Galeão, no Rio, por volta das 17h30. 

Jordana foi encontrada na praia de Pitangueira, a 2 km do local do acidente. As buscas, agora com efetivo reduzido, devem se concentrar na retirada das peças do helicóptero para ajudar na investigação das causas do acidente. 

O empresário Marcelo Mattoso, que pilotava o helicóptero, foi localizado no fim da tarde de segunda-feira (20).

Investigação
A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou que abriu processo administrativo para investigar possíveis irregularidades que podem ter resultado no acidente que envolveu um helicóptero na sexta-feira.  

Segundo a Anac, embora a aeronave estivesse em situação regular, existem indícios de que ela era pilotada por um homem que estava com a licença vencida desde 2005. Além disso, ele não possuiria CCF (Certificado de Capacidade Física), documento também necessário para pilotar a aeronave. 

A agência afirma que, para receber autorização de voo, os responsáveis pela aeronave teriam informado que ela seria pilotada por outro homem, Felipe Calvino Gomes, que está com a situação regular junto à Anac. 

De acordo com a companhia, caso a irregularidade seja comprovada, o incidente pode gerar multa e cassação das licenças e certificados dos envolvidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores