Bom público e muito arrasta-pé na abertura do Espaço Cultural

Foto: César de Oliveira
Habacuque Villacorte, da Agência Alese

Com muito arrasta-pé e folclore, a Assembleia Legislativa de Sergipe aderiu oficialmente aos festejos juninos de 2011 com mais uma mostra do Espaço Cultural. A música e a dança, importantes modalidades de artes assim como a fotografia e a literatura, marcaram a noite festiva da quinta-feira (16), quando da abertura da exposição que acontece até 17 de agosto. O grande público que compareceu ao evento ainda se deliciou com comidas típicas e com uma das mais tradicionais manifestações culturais do Nordeste brasileiro.
A exposição foi aberta oficialmente pela diretora de Comunicação Social da Assembleia Legislativa, jornalista Sandra Cruzz, que representou no ato a presidente da Casa, deputada Angélica Guimarães (PSC). “Junho é o mês dos santos populares. Nós nordestinos promovemos as festas juninas para agradecer pelas chuvas caídas na lavoura. As comidas feitas do milho, o som tirado da sanfona e o ritmo contagiante das quadrilhas compõem uma espécie de mapa da fertilidade cultural da nossa região, da nossa gente. Que férteis em boas ações sejam todos os dias da nossa vida”, discursou.
Foto: César de Oliveira
A curadora do Espaço Cultural, a jornalista Ilma Fontes, estava radiante com o sucesso do evento. “Foi uma idéia fantástica juntar as meninas da Academia Sergipana de Ballet com os jovens do Instituto Recriando. São pessoas que não freqüentam muito a Casa do Povo e nós fizemos essa conexão. Essa união com os cordelistas, com os poetas de feira. Nós conseguimos um grande público, eu estou muito feliz e talvez este tenha sido uma das melhores versões que a gente realizou”.


Completando 15 anos de Forrobalé, peça apresentada pelas meninas da Academia Sergipana de Ballet, a diretora Dorinha Teixeira não escondeu a satisfação por mais uma apresentação na Assembleia. “É a terceira vez que estamos vindo nesse encontro, muitos felizes; já trouxemos o ballet, já trouxemos uma cantora lírica e agora o Forrobalé. Nós contamos com o apoio dos nossos dirigentes para que nos ajudem a fazer essa revolução de artes, porque nós conseguimos ocupar nossos jovens e afastá-los das drogas. Nós desejamos que o Forrobalé faça parte da programação da festa da cidade. Nós queremos educar nossa sociedade com a dança e toda nação que investe em educação se desenvolve”.

Foto: César de Oliveira
Outra que agradeceu a oportunidade de apresentar seu trabalho na Assembleia foi a presidente da Associação dos Cordelistas e Repentistas de Sergipe, Josineide Dantas, ou simplesmente “Gigi”. “Essa Casa tem um papel muito importante sobre a valorização da cultura da terra. Nós só temos a agradecer e graças a deputada Ana Lúcia (PT) nós conseguimos o título de utilidade pública. Isso nos deixa feliz e agraciado com esse título. Somos a primeira Associação de Cordel de Sergipe e do Brasil. Esse Espaço Cultural, administrado pela nossa querida Ilma Fontes, é um presente para os artistas da terra, é a valorização da arte sergipana e torcemos que esta Casa mantenha esse espaço vivo por muitos anos”.
Representando o projeto Mídia Jovem do Instituto Recriando, a coordenadora de Comunicação, Débora Melo, comentou a exposição de fotos da comunidade Coqueiral em Aracaju. “Nós já fazemos esse trabalho nas comunidades em que os meninos vivem. Aqui é um espaço excelente para que nós possamos potencializar e apresentar o trabalho que vem sendo realizado nas comunidades carentes. O Coquerial enfrenta uma série de adversidades, são pessoas que comumente vivem em uma situação de risco, sem contar que é um bairro que nasceu na resistência de seus moradores. Isso estimula muito”.
As paisagens 'mentais' de Eliane Martins, que compõem o ambiente propício para os festejos juninos e seguem testemunhando a busca pela paz no planeta, também se destacaram na noite festiva. “É um momento de muita alegria porque estou tendo a oportunidade de apresentar um trabalho que nós estamos amadurecendo há muito tempo. É um reconhecimento sim, nós buscamos a paz com nosso trabalho e esperamos que as pessoas sintam isso também”, comentou a artista lagartense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores