Justiça aumenta valor de indenização que Boris Casoy cobra da Record

Com informações de MÔNICA BERGAMO/COLUNISTA DA FOLHA

O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou decisão de primeira instância que determina que a TV Record pague indenização ao apresentador Boris Casoy por rompimento de contrato.
O jornalista foi demitido em 2006.

Hoje Boris Casoy é apresentador da TV Bandeirantes.
Na primeira decisão, a Justiça deu à causa o valor de R$ 6,5 milhões, já desembolsados pela emissora.
A Corte agora manteve o veredicto e aumentou o valor, para R$ 10 milhões.
Boris teria portanto outros R$ 3,5 milhões para receber. De acordo com o advogado do apresentador, Carlos Eduardo Regina, este valor deve ainda passar por correção e pode chegar a R$ 9 milhões.
A decisão cabe recurso.
Procurada, a assessoria de imprensa da TV Record diz que está tentando localizar os advogados que atuaram na causa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores