Quatro soldados da missão da Otan morrem no Afeganistão

DA EFE

Quatro soldados da missão da Otan no Afeganistão morreram no sul do país, vítimas de um acidente com o veículo que transportava o grupo, informou um porta-voz da organização militar em Cabul neste domingo.
Em comunicado, a Isaf (Força Internacional de Assistência para Segurança), assegurou que o fato ocorreu neste sábado no sul do país, e que os militares morreram por causas "não relacionadas" com combates armados.
"Posso confirmar que as mortes foram resultado de um acidente de seu veículo no sul do Afeganistão. A autoridade nacional correspondente dará mais detalhes", indicou um porta-voz da organização pouco depois.
A política da Isaf é deixar os procedimentos de identificação dos mortos nas mãos das autoridades nacionais pertinentes.
Neste sábado, a organização tinha informado das mortes de três soldados em combates contra os rebeldes: dois deles no sul, e outro no leste, áreas onde o conflito afegão é mais intenso.
Segundo dados publicados pelo portal independente icasualties.org, e sem contar as últimas vítimas, um total de 249 soldados de tropas internacionais morreram no Afeganistão em 2011.
No Afeganistão há cerca de 150 mil soldados procedentes de 48 países, embora em torno de dois terços da tropa são de nacionalidade americana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores