Queda de helicóptero: corpo de Jordana Cavendish é encontrado em praia no Sul da Bahia

Jordana Kfuri  - Foto: Reprodução
Com informações  Fabíola Gerbase e Rafael Galdo/O Globo
RIO - O corpo da empresária Jordana Kfuri Cavendish foi encontrado às 6h30m desta terça-feira na Praia de Curuípe, em frente ao Porto Seguro Praia Hotel, em Porto Seguro, no Sul da Bahia. Ela foi uma das sete vítimas da queda de um helicóptero na noite de sexta-feira, em Trancoso. O delegado titular de Arraial D'Ajuda, Ricardo Feitosa, responsável pelas investigações do acidente, confirmou a identificação do corpo, que era o único que ainda estava desaparecido.

Feitosa está no Instituto Médico Legal (IML) de Porto Seguro, onde o padrinho de casamento de Jordana reconheceu seu corpo.
- O principal fator para o reconhecimento foi uma tatuagem de Jordana. Ele reconheceu também seu relógio e vestimentas. O marido não teve condições emocionais de fazer isso - explicou o delegado.
Segundo Ricardo Feitosa, as investigações sobre o acidente vão avançar mais quando for concluído o trabalho de liberação dos corpos.
O Centro de Comunicação da Aeronáutica informou que os corpos de Jordana e do empresário Marcelo Mattoso Almeida, os últimos a serem localizados, estão sendo trasladados de Porto Seguro para o Rio. O transporte é feito na aeronave FAB 8736, modelo H-34 do 3°/8° Grupo de Aviação, já utilizada nas buscas em Porto Seguro. A chegada, na Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, deve acontecer às 17h30m.
O corpo de Marcelo Mattoso Almeida, que pilotava o helicóptero, foi localizado, em Porto Seguro, por um pescador da região e resgatado por uma lancha de propriedade do empresário do ramo de embarcações Ciro Leite. Ele conhecia a vítima e estava ajudando nas buscas. O corpo foi encontrado boiando a cerca de quatro quilômetros da costa.
Quatro corpos já foram enterrados, entre eles o da jovem Mariana Noleto, namorada do filho do governador Sérgio Cabral. O corpo foi trasladado para o Rio e chegou por volta de 14h45m à capela dois do Cemitério São João Batista, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, para ser velado. Ela foi enterrada às 17h desta segunda-feira. O governador Sérgio Cabral e o filho dele Marco Antônio Cabral já estavam no local aguardando. Eles e várias autoridades acompanharam o sepultamento. O governador e seu filho preferiram não falar com a imprensa. Marco Antonio Cabral, na despedida, beijou uma flor rosa chá e a jogou sobre o caixão. O corpo de Mariana foi encontrado pouco antes da meia-noite de domingo, boiando no mar.
Cabral informou, em nota divulgada no início da tarde, que estará de licença do cargo entre os dias 20 e 26 de junho, "por motivos de ordem pessoal", conforme ofício encaminhado nesta segunda-feira à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Durante este período, assume o governo o vice-governador, Luiz Fernando de Souza Pezão. Sérgio Cabral e seu filho Marco Antônio Cabral retornaram para a capital fluminense na manhã desta segunda-feira. Eles chegaram por volta das 6h. Em outra nota, divulgada mais cedo, o governador lamentou a morte de Mariana, que segundo ele, "fez parte da nossa família durante sete anos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores