Andres fala em usar dinheiro da TV para pagar Tevez

Carlistos Teves 
Foto: Omar Torres/ France Presse

O presidente do Corinthians Andrés Sanchez confirmou que fez uma proposta superior a R$ 90 milhões ao Manchester City para trazer Carlitos Tevez de volta para o time paulista, mas disse que o valor será dividido em quatro anos.

Para chegar a esse valor, segundo Andrés, o Corinthians vai dispor de 20 a 25% das receitas que o clube dos próximos quatro anos.

"Quando eu estive na Argentina para assistir ao primeiro jogo do Brasil [pela Copa América], estive com o Adrian Rocco [representante do atleta] e, por telefone, falei com o Tevez. A proposta vai ser ter o Tevez por quatro anos, e a compra dos direitos federativos vai ser paga com 20 a 25% das cotas de TV que a gente vai receber amanhã [nesta quarta]. De 20 a 25% serão destinados a pagar o Manchester City", explicou Andres.

O acordo com a Rede Globo assinado para o ano que vem, mas antecipado este ano, é entre R$ 90 milhões e R$ 110 milhões por ano. Mas isso seria só pela negociação. O salário de Tevez viria de outros recursos, como a venda de camisas e outras ações do marketing.

"Se disparar a venda de camisas como no caso do Ronaldo, temos um ano de salário pago. É um jogador que tem apelo popular, apelo de marketing. Em fevereiro ou março acaba o contrato master de publicidade. Estamos negociando, e está entrando o Tevez nesse pacote também", revelou Andrés Sanchez.

O cartola ainda afirma que tem até o próximo dia 19 para ter a resposta do Manchester City, já que dia 20 fecha a janela de transferência da Europa. E assegura que o iraniano Kia Joorabchian, empresário de Tevez, nada tem a ver com a negociação.

"Não tem nada com o Kia, ele é apenas um amigo do Tevez, pelo amor de Deus. O dinheiro empregado na negociação é 100% do Corinthians", disse o presidente, que aposta no desejo do argentino de voltar para América do Sul para ganhar essa empreitada.

"Eu já falei muitas vezes. Se o jogador não quer ficar, não fica. A vontade do jogador é voltar para a América do Sul. Ele não quer ouvir proposta da Europa. Nossa proposta está feita oficialmente e agora depende do Manchester City", ressaltou o cartola.

Essa confiança de Andres é por conta de uma declaração que o próprio Tevez deu antes do início da Copa América, dizendo que ficaria no City para a temporada de 2011 e 2012, já que queria ficar perto da família que mora em Buenos Aires.

Fonte: Folha UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores