Negociação reduz preço de remédios em até 20%

O DIA confirma que o consumidor que insistir com o balconista da farmácia vai pagar valor abaixo da tabela de preços


Rio - O bom negociador pode conseguir de 15% a 20% de desconto nos preços de remédios nas farmácias. Repórteres de O DIA foram conferir e chegaram a reduzir o preço do medicamento Lipiblock (redutor de absorção de gordura) em 20%. Com o valor da tabela a R$ 152,84, a caixa foi negociada a R$ 122,27. Para fazer o preço cair, o consumidor deve insistir até mesmo com o gerente do estabelecimento a fim de garantir uma boa redução. Além da negociação, é possível ainda usar artifícios das próprias farmácias para forçar os preços para baixo.

“Nesse mercado, a concorrência cobre ofertas de outras farmácias. Você pode chegar em uma com o encarte da outra mostrando que no concorrente é mais barato”, explica Marco Quintarelli, consultor especialista em varejo.
Nos casos de cobertura do ofertas, os descontos podem passar dos 20%. Outra possibilidade de economia é com o uso das revistas das grandes redes, que possuem promoções específicas. Em uma delas, a redução variava entre 20% e 69%, para produtos menos procurados.
Cuidadora de idosos, Leni das Neves, 57 anos, sabe o peso dos medicamentos no orçamento. “Sempre peço desconto. Sou hipertensa e já fiquei meses sem comprar remédio porque não tinha dinheiro. Tive um derrame”, conta.
COMO OBTER DESCONTOS NAS DROGARIAS
PERCORRA FARMÁCIAS
Consumidor que percorrer diversas farmácias e juntar os encartes vai poder aproveitar melhor a cobertura de ofertas. O consultor Marco Quintarelli orienta mostrar o encarte com o preço menor da concorrente para conseguir desconto ainda maior. 

SAIBA O VALOR MÍNIMO
Na hora de pedir o desconto de até 20%, em medicamentos mais procurados, insista com o balconista para que ele chegue ao menor valor possível.

PROCURE O ENCARTE
Panfletos e revistas em drogarias podem guardar boas promoções. Busque os descontos oferecidos pelo encarte. A redução de preço pode chegar a 69% para produtos menos procurados.

CARTÃO FIDELIDADE
Grandes redes oferecem cartões de fidelidade. Segundo Quintarelli, são boa opção a quem compra medicamentos com frequência.

FARMÁCIA POPULAR
Mantida pelo governo federal, a rede Farmácia Popular oferece descontos e até gratuidades, como é o caso de remédios para hipertensos e diabéticos.

Fonte: O Dia Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores