“Ninguém pensava que era um bebê”, diz PM que resgatou criança lançada para fora de carro

Bebê foi lançada para fora do carro.
| Foto: Reprodução Tv Record

Duas mulheres morreram no acidente em São Paulo

Com informações Correio do Povo

"Não dava para imaginar que era um bebê jogado no chão". Assim relatou o policial militar que resgatou a criança de nove meses após um acidente em São Paulo na semana passada. O sargento André afirmou que o menino estava agitado e chorava muito, mas não aparentava ter ferimentos graves. A impressão do policial se confirmou. Dois dias depois, o bebê recebeu alta do hospital.
O acidente ocorreu em Guarulhos por volta das 23h. O carro onde estavam o bebê, a mãe Rafaela Rabelo Alves Franciscone, 27 anos, e a cunhada Natália Broglio Murillo, 23, foi atingido por um outro veículo que fugia da polícia. O automóvel era ocupado por dois menores de idade, de 14 e 15 anos, e um rapaz de 18. Com o impacto da batida, a criança foi arremessada para fora do veículo e as duas mulheres ficaram presas às ferragens. 

A perseguição começou na avenida Emílio Ribas, onde policiais suspeitaram de um veículo que trafegava pela rua. 


A busca se estendeu por cerca de três quilômetros até os meninos baterem no carro em que estavam o bebê e as duas mulheres. De acordo com a polícia, a velocidade do carro era de 140 km/h no momento da batida.

Assista à reportagem da TV Record:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores