Projeto de lei quer obrigar políticos a matricular filhos em escolas públicas

Com informações O Dia Online


Rio - Um projeto de lei que tramita há quatro anos no Senado obriga todo político eleito no Brasil a matricular seus filhos em escolas públicas. A proposta é de autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) e voltou à tona após uma campanha no Facebook que pressiona os parlamentares a agilizarem o andamento e votarem a favor do projeto.
De acordo com a matéria, que ainda se encontra na Comissão de Constituição e Justiça da Casa, todos os políticos eleitos no território nacional, seja em nível municipal, estadual ou federal, terão que matricular seus filhos obrigatoriamente na rede pública de ensino. O objetivo do Senador seria aumentar os investimentos em educação no país, já que os políticos teriam que zelar pela qualidade de ensino de seus próprios filhos.

No entanto, seus colegas de Senado afirmam que a proposta é inconstitucional e argumentam que poderia tirar vagas de quem precisa do ensino público.

Na Internet, a campanha já conseguiu mais de 50 mil assinaturas de uma petição online, pedindo a aprovação da lei. O projeto, entretanto, não tem prazo para ser votado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores