Homem é condenado a 14 meses de prisão por transmitir herpes para a ex-namorada

Londres (Inglaterra) - Um guarda de trânsito foi condenado a 14 meses de prisão por infectar a ex-namorada com o vírus da herpes genital. David Golding, 28, admitiu ter causado lesões corporais graves após infectar a ex-companheira durante o relacionamento do casal, que durou pouco mais de um ano. A reportagem é do Daily Mail.

Golding também afirmou que sabia que estava infectado pela Doença Sexualmente Transmissível (DST), mas manteve o silêncio até que o relacionamento chegou ao fim, em 2010. Após ser diagnosticada com a doença, a ex-namorada denunciou o guarda à polícia. (Leia mais)


Responsável pelo caso, o juiz Michael Fowler disse que a recusa inicial de Golding de admitir que infectara a ex-namorada causou "grande preocupação".

"A lesão causada por esta infecção é tão ou mais grave do que uma lesão que deixa uma cicatriz aparente, porque carrega extremo desconforto e conseqüências para as relações que a vítima terá no futuro."

Fonte: Portal O Dia Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores