Laranjeiras entrega casas populares

Prefeita Ione Sobral , entrega chave a
moradora Aline | Foto: ASCOM/PML
Realização do sonho da Casa Própria. A Prefeitura de Laranjeiras, através da Secretaria de Assistência Social entregou à população 15 casas populares, do programa Minha Casa Minha Vida, desenvolvido em parceria com o Governo Federal. No município, ainda restam ser entregues mais 45 residências. As habitações estão distribuídas na sede da cidade e nos povoados Pastora, Salinas, Machado, Camaratuba, Pedra Branca, Mussuca, Bom Jesus, Mulungú e Várzea. (Leia mais)

Os beneficiários destas 60 habitações populares estão inscritos no CadÚnico do município e possuem renda per capta de até meio salário mínimo. Como também, recebem todos os meses um auxílio do programa Bolsa-Família. “Como estabelece o programa Minha Casa Minha Vida, estas pessoas que receberam e as que ainda vão receber as outras residências na segunda etapa, não vão pagar nada pelas casas. Além disso, nenhuma delas possui casa própria. Portanto, o Governo Federal, em parceria com o Estado e o município arcam com a construção”, afirmou a prefeita Ione Sobral.
De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Zulmira Sobral, a conquista da casa própria significa o fortalecimento da família e a reconstrução de uma vida. “Além disso, melhora a autoestima e com isso são abertos novos horizontes. É importante frisar que muitas destas pessoas que receberam as casas moravam em residências alugadas pelo município ou em casas de taipa. Hoje, elas estão vivendo com mais dignidade”, ressaltou Zulmira Sobral.

A Agente de limpeza, Aline dos Santos, 26 anos, é uma das pessoas beneficiadas com a casa própria no povoado Bom Jesus. “Hoje, estou sorrindo à-toa com a minha nova casa. Agora, vou organizar a minha vida, já que o meu sonho de ter uma casa foi realizado. Eu, meu esposo e os três filhos vamos ter uma vida mais digna. Não tenho como agradecer essa conquista”, afirmou.
Foto: ASCOM/PML
A dona de casa Jucielma Patrocínio dos Santos foi beneficiada com uma casa no loteamento João Sapateiro, sede da cidade. “Hoje, graças a Deus tenho a minha casa. Estava morando de favor na casa de uma amiga com os meus seis filhos e o meu esposo. Agora, nós estamos no aconchego da nossa casa. Nossa residência foi entregue toda bonitinha. Quando abro a minha porta, me sinto ainda mais feliz”, acrescentou Jucielma, 31 anos.
Fonte: ASCOM/PML 
Por: Diego Goes da equipe empauta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores