Acidente mata três pessoas da mesma família na AL-220

Jetta também teve a dianteira destruída,
mas motorista foi salvo por air bag
(Foto: Tudonahora)

Um acidente grave matou três pessoas da mesma família, na noite desta quinta-feira (15), em um trecho da rodovia AL-220, no povoado Chã da Imbira, em Campo Alegre. A colisão envolveu uma Pajero, de cor prata e placa NLV 3149, que seguia para Maceió e um Jetta, de cor prata e placa NLW 9010, que seguia para Arapiraca.

O empresário Leandro Alcântara Silva, 28, dono de uma transportadora, conduzia a Pajero e morreu minutos depois de receber atendimento médico. Sua mulher, Laurita Nogueira da Silva Alcântara, 26, grávida de dois meses, e a mãe do motorista, Maria Dinourá de Alcântara morreram com o impacto entre os dois veículos.


O pai de Leandro, Aloísio Alcântara também estava na Pajero e somente foi retirado das ferragens depois que militares do Corpo de Bombeiros cortaram a carroceria do veículo. A Pajero ficou destruída porque, além da colisão com o Jetta, ainda bateu contra uma árvore na margem da rodovia.

Os primeiros levantamentos são de que Aloísio Alcântara, dono de uma grande fazenda em Campo Alegre, está internado em estado grave no Hospital Geral do Estado, em Maceió.

Informações são de que Laurita
Alcântara estava grávida
(Foto: Tudonahora)
O motorista do Jetta, que não teve o nome revelado pela pela polícia, também foi socorrido pelos bombeiros. Ao receber atendimento médico, ele disse que no momento do acidente estava chovendo muito e terminou tendo a vista ofuscada pelos faróis da Pajero.

Com a força do impacto um dos pneus da Pajero, juntamente com o eixo dianteiro, foram arremessados a mais de 10 metros do carro e o corpo de Maria Dinourá foi jogado pelo vidro traseiro do veículo.

O acidente será investigado pelo delegado regional de São Miguel dos Campos, Mário Jorge Barros.

Fonte: tudonahora e com alagoasweb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores