ESPORTE | Vasco vence com 3 gols de Diego Souza e continua na liderança

Foto: Alexandre Loureiro
/Divulgação - 20/9/2011
Time carioca bateu o Cruzeiro por 3 a 0, em Sete Lagoas, e aumentou crise do rival


SETE LAGOAS - Com um show particular do meia-atacante Diego Souza, que marcou os três gols do jogo, o Vasco venceu o Cruzeiro por 3 a 0, neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG). A boa vitória fora de casa manteve o time carioca na liderança isolada do Brasileirão, além de ter aumentado a crise cruzeirense.

Agora, o Vasco está com 49 pontos, com dois de vantagem sobre o segundo colocado Corinthians. Já o Cruzeiro ficou estacionado nos 29 pontos, bem perto da zona de rebaixamento do campeonato, o que ameaça o emprego do técnico Emerson Ávila.


Pressionado pela torcida, que durante a semana protestou contra a má fase do time, o Cruzeiro começou o jogo no ataque. E levou perigo logo aos quatro minutos, num chute do meia argentino Montillo. Depois, Roger chegou a marcar um gol de cabeça, mas o lance foi anulado por impedimento, frustrando a torcida cruzeirense.

Aos poucos, porém, o Vasco foi assumindo o controle do jogo. Mais organizado em campo e comprovando a boa fase, o time carioca ainda contou com a atuação inspirada de Diego Souza, que comandou a vitória na Arena do Jacaré.

O primeiro gol de Diego Souza saiu aos 38 minutos de jogo, quando ele driblou o zagueiro Cribari com facilidade dentro da área e fez 1 a 0. A desvantagem no placar aumentou a pressão sobre o time do Cruzeiro, facilitando a vida do Vasco.

Já no segundo tempo, Diego Souza voltou a marcar aos 14 minutos, após cruzamento de Fagner. Naquela altura da partida, o Cruzeiro já estava batido em campo. Mas o Vasco ainda deu o golpe final. Numa linda jogada aos 35, Diego Souza se livrou da marcação, deu um chapéu no goleiro Fábio e tocou para fazer 3 a 0.

Depois da humilhante derrota em casa, Emerson Ávila disse que continua no comando do Cruzeiro, mas admite que sua situação é difícil. "Eu sou funcionário do clube. Se a diretoria entender que é melhor trazer outra pessoa, vou estar pronto para ajudar no que for preciso. Nosso torcedor nunca passou por uma situação dessas e o que importa é encontrar uma solução", disse o treinador.
CRUZEIRO 0 x 3 VASCO

CRUZEIRO - Fábio; Vítor (Élber), Cribari, Victorino e Everton; Fabrício, Marquinhos Paraná, Charles (Bruninho) e Roger; Montillo e Bobô (Keirrison). Técnico: Emerson Ávila.

VASCO - Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa, Fellipe Bastos (Allan) e Juninho Pernambucano; Diego Souza (Leandro) e Élton. Técnico: Cristóvão Borges (interino).

Gols - Diego Souza, aos 38 minutos do primeiro tempo; Diego Souza, aos 14 e aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Fabrício Neves Correa (RS).
Cartão amarelo - Fellipe Bastos.
Cartão vermelho - Marquinhos Paraná
Renda e público - Não disponíveis.
Local - Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores