Professores marcam protesto para dia 22

A vice-presidente do Sintese esclareceu ainda que o Índice Guia foi implementado em escolas de Minas Gerais, São Paulo e Salvador e os resultados não foram satisfatórios

Os professores da rede estadual farão um ato em frente à sede da Secretaria de Estado da Educação (Seed) no próximo dia 22. Neste dia, eles vão protestar contra a avaliação do “Índice Guia”, que foi implantada pelo governo do Estado nas escolas públicas. “Vamos queimar simbolicamente o Índice Guia na porta da Seed nesse dia de manifestação”, declarou a vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Estado de Sergipe (Síntese), Lúcia Barroso.


Segundo ela, o Índice Guia pode prejudicar tanto os professores quanto os alunos, “porque não diagnostica os problemas. É mais para punir, e também tira a responsabilidade do Estado, passando-a para a escola”, disse, ao ressaltar que a iniciativa do governo também vai de encontro à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

“Além disso, fere a nossa proposta de gestão democrática. Por isso propomos não à avaliação do aluno e professor e sim à do sistema de trabalho nas escolas. O que deve haver é um projeto político pedagógico”, frisou. Lúcia Barroso informou ainda que o governo do Estado implementou a avaliação sem negociar com o Sintese. “Agora eles querem que o professor elabore um plano de custo e não é isso que o professor tem que elaborar. O que temos que elaborar é o plano de trabalho”, destacou.

A vice-presidente do Sintese esclareceu ainda que o Índice Guia foi implementado em escolas de Minas Gerais, São Paulo e Salvador e os resultados não foram satisfatórios. “O resultado mostrou que a avaliação não é inerente à melhoria da Educação, mas, sim, uma forma de punir e demitir professores”.

Fonte: Portal JC.Net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny

Seguidores